Você já ouviu falar dos campeonatos de luta de braço?

O Cris que me contou. Ele soube por acaso, porque na mesa do CPH tinha um cara que era da equipe Zeus. E foi aí que descobrimos que o interior de São Paulo, em especial Indaiatuba e Campinas é celeiro de vários campeões nacionais e mundiais de luta de braço.

Mas sabe o que é o mais legal? Muitos deles são trabalhadores da roça. Esse cara que estava conversando com o Cris estava explicando que o principal na luta de braço é a força do punho, não do bíceps, assim, os trabalhadores rurais, acostumados a carpir, carregar saco de batata, vão desenvolvendo a força do punho e chegam nos campeonatos com vantagens.

Vide por exemplo, Jesus Fortão, que carregava sacos de tomate:

http://esporte.uol.com.br/ultimas-noticias/2012/02/04/brasileiro-acata-apelido-jesus-fortao-e-se-inspira-em-stallone-para-mundial-de-luta-de-braco.htm