The Masters of Nature Photography

Jim Brandenburg, David Doubilet, Pal Hermansen, Frans Lanting, Thomas Mangelsen, Vincent Munier, Michael “Nick” Nichols, Paul Nicklen, Anup Shah e Christian Ziegler. 10 fotógrafos de natureza renomados, convidados a escolher e comentar 10 fotos favoritas que representam suas carreiras.

Um livro que me faz mudar de sintonia, pensar o quanto as fotos de natureza são capazes de transmitir arte e beleza.

A primeira seção e a capa é de um dos meus fotógrafos favoritos, o Jim Brandenburg, que eu costumo descrever como alguém que fotografa como se fosse poesia. Pelo livro descobri que ele tem formação em Artes Plásticas, tendo o Impressionismo e o Japonismo como alguns dos movimentos favoritos.

Brandenburg era fotógrafo da National Geographic, e um dia resolveu se lançar um desafio: eu tiro boas fotos porque sou um bom fotógrafo, ou porque tiro milhares de fotos e daí sempre há o que selecionar? Imergiu num projeto pessoal de tirar apenas uma foto por dia, durante 3 meses, em Ravenhood – Minessota. Guardou as fotos, e um tempo depois um editor da National Geographic que foi visitá-lo, pra tentá-lo convencer a voltar pra National, viu as fotos e teve certeza de que elas dariam um ótimo livro. Foi assim que surgiu o Chased by the Light e o Looking for the Summer. Tenho o Summer, que é lindo mesmo.

Numa das fotos do Chased ele conta que era o 10º dia do projeto, e começava a se sentir muito estressado porque não conseguia nenhuma foto boa, e pensou em abandonar a ideia. Até que encontrou os looms e etc.

Todos os fotógrafos são incríveis, mas as fotos de que mais gostei foram a seleção do Brandenburg, de Vincent Munier e de David Doubilet. Esse Munier está concorrendo com o lugar do Brandenburg no meu ranking… ainda não decidi, talvez o Munier seja frio e escuro demais.

No site do Munier você pode ver como alguém que adora neve e o monocromático enxergou e fotografou a Amazônia e o Masai Mara. Pena que o site é chato de navegar – feito pensando em tablet, e lento e pesado. O site do Doubilet é bem antiquado, e com imagens pequenas, mas dá pra ter uma ideia do trabalho dele.

Algumas das imagens do livro de que mais gostei:

Além dos comentários pessoais em cada foto, todas as imagens têm o equipamento e as informações principais de EXIF.

O livro é maravilhoso, um grande antídoto ao desânimo que se abate sobre mim quando penso na fotografia de aves, em geral muito limitada.

O Editor do livro é Rosamund Kidman Cox, a quem tiro meu chapéu.

Comprei na Livraria Cultura. A Amazon também vende.