Quer mostrar apoio à natureza e à seriedade em planejamento de obras públicas? Venha participar da Passarinhada de Apoio ao Tanquã. Piracicaba – SP, dia 30/maio/15, das 7h às 12

O Tanquã é o minipantanal paulista. Formado a partir do represamento das águas de Barra Bonita. Graças à sua geografia única após várias décadas de trabalho da natureza agora é refúgio de animais, inclusive espécies raras e ameaçadas de extinção.

Esse lugar fica em Piracicaba – SP, quase na divisa com Anhembi. Já teria desaparecido se não fosse pelo monitoramento do CEO – Centro de Estudos Ornitológicos, que há muitos anos registra as espécies do local. No ano passado as obras para a Barragem de Santa Maria da Serra, que vão destruir totalmente o local, chegaram a ser aprovadas, mas o Ministério Público e o CEO entraram com uma representação contestando os relatórios do Consórcio responsável pela obra.

Graças à ação dos birdwatchers e de figuras como o promotor Ivan Carneiro, o birdwatcher Luciano Monferrari e a professora Silvia Regina Gobbo, a Cetesb barrou o início da destruição do local, e pediu estudos mais aprofundados. Imaginem que se não fossem pelas contestações, já teriam começado a destruir um local cuja importância ecológica estava subestimada, e desprezada publicamente nos discursos de quem defende a barragem “o progresso não pode ser impedido por causa de uns tuiuiús”, com uma compensação ambiental tosca – o relatório previa diversas ações de compensação ambiental, mas todos descritos de forma superficial. Apenas uma das ações já exigiria mais dinheiro do que o total orçado pras compensações – pra se ver o empenho do consórcio em executar as obras de compensação ambiental.

E não basta o total descaso com a natureza: a viabilidade técnica e econômica da barragem, e como fonte de água potável, também não está livre de questionamentos. Os defensores da obra argumentam que a barragem garantirá o abastecimento de água na região. Entretanto, a crise hídrica na cidade de São Paulo provou que uma barragem sem proteção às nascentes e mata ciliar não é uma fonte confiável de água.

A mentalidade de valorizar grandes obras e desvalorizar a conservação da natureza traz como retorno enchentes, secas, verões terríveis, falta d´água.

Neste sábado, dia 30 de maio de 2015, os birdwatchers e outros amigos da natureza irão ao Tanquã para mostrar apoio público. Haverá passeios de barco, passarinhada na vila de pescadores, varal de fotos, palestras.

Mais informações: http://virtude-ag.com/tanqua-30maio15/