Talvez os dias em que você pode qualquer coisa

De vez em quando falo disso, então me desculpe pela repetição se você conhece a história. A referência a alguma HQ de muitos anos atrás, em que um imperador romano tem o direito a um dia por ano poder pensar sem ser influenciado por nenhum deus. Ele tem consciência disso, e nesse dia se veste de mendigo e perambula pela cidade, tentando aproveitar ao máximo esse lapso de independência.

Não sei o quanto você já encerrou o clima de festividades e voltou à rotina… mas talvez ainda não tenha voltado totalmente. Eu por exemplo estou adiando o quanto posso. Respondi os emails mas ainda não abri o Facebook. Fico tentando fazer poucas coisas por dia. Mesmo a edição das fotos da Austrália segue em câmera lenta, com vários momentos pra bancar a nerd e tentar descobrir a identidade de alguns LBJs.

No shopping Villa-Lobos agora (ou talvez faça tempo) tem uma Fábula, a linha infantil da Farm. Eu queria que a Farm tivesse tamanhos adultos. Vendo a vitrine, ao vivo, tantas roupas bonitas celebrando animais e plantas, e ouvindo minhas playlists de sempre, que o Cris acha um tédio “parece que é o mesmo palco e violão, e vão aparecendo pessoas diferentes pra cantar o mesmo estilo de música”, mas fazer o que se e em muitos dias é isso que combina com meu estado de espírito. Kina Grannis, Jasmine Thompson, Megan Davies, Madeleine Peyroux, Erato, Canyon City — de volta, talvez a combinação da Fábula com as fotos da Austrália e a trilha sonora e estar ainda longe das alegrias e agruras do mundo passarinheiro, dos problemas políticos, das tosquices,

talvez ainda seja o meu período pra pensar nas coisas sem influência,

ou talvez seja apenas a influência de outros deuses.

Hoje a vontade é de passar meses afastada da política e discussões. E só desenhar, ser capaz de criar estampas e talvez até peças de roupa pra celebrar a beleza da natureza. Talvez até esquecer que o foco devia ser a natureza brasileira e desenhar sem culpa os psitacídeos fabulosos da Austrália.

Acho que não serei capaz de realmente me afastar. Vai surgir algum imbróglio e não vou resistir.

Mas por hoje. É só a vontade de conseguir expressar o quanto a natureza é maravilhosa.

Imagens do Pinterest:

 

Algumas fotos da Austrália: