Se fosse pra travecar, pra que lado você iria?

Amanhã tem um acontecimento histórico. Festa grande de capricorniano, não se vê isso com frequência. A festa não é minha, mas a mim foi concedido o direito de convidar um punhado de gente. Duas das pessoas que eu convidei perguntaram dos trajes… uma delas perguntou especificamente se era festa temática. Levei meia hora pra responder, querendo muito dizer “sim”, bem séria, mas no fim não tive coragem, e assim não terei o prazer de ver meu irmão de Teletubies, Star Wars, Festa do Havaí ou algo assim.

Quando um outro convidado perguntou sobre roupa (é uma pergunta normal, mas fiquei pensando que ele queria mesmo era que fosse festa à fantasia 🙂 ), quase lamentei não ter convencido a fazerem festa temática.

Sei que muita gente acha mico… mas talvez haja um número maior ainda de gente que adoraria ter mais oportunidades de sair travestido por aí.

O que me fez pensar qual seria a minha fantasia.

Na adolescência era sempre bruxa ou alguma variação.

Hoje em dia acho que seria algo meio Out of Africa ou O Paciente Inglês (antes de ter virado churrasco). Quando o mundo era grande.

Sem atração pelos rifles ou caçadas, com as câmeras quem precisa de armas? Só os psychos. Quantas roupas charmosas. Não precisamos lembrar que na vida real, tantas vezes passeei pela África de dentro de um carro, de shorts, camiseta e chinelo.

Então é isso. Se fosse pra travecar, iria pros anos 20, pro lado de aventuras ou de festas em Paris.