Pra quem gosta de sushi mas ficou com medo da tênia: tome vermífugo

Umas semanas atrás circulou a história bizarra, porém real, de um cara na Califórnia que chegou num pronto-socorro dizendo que um pedaço do intestino dele tinha se desprendido com as fezes. Não era um pedaço dele, era só uma tênia de 1,7m. (A reportagem do The Guardian diz que há relatos de tênias de 25m).

É nojento e assustador, mas raramente é mortal. E, o melhor de tudo: é muito fácil de resolver. Tome vermífugo 1 ou 2 vezes por ano. E pronto.

É o tipo de medida que todo mundo devia fazer, mesmo quem não come peixe cru. Porque é muito fácil comer algo contaminado.

O uol publicou uma matéria que tem mais a ver com cuidados pra evitar intoxicação alimentar do que vermes, e achei uma pena eles não terem comentado sobre os vermífugos, que simplesmente resolvem a questão.

https://vivabem.uol.com.br/listas/11-cuidados-que-voce-deve-ter-na-hora-de-comprar-e-consumir-peixe.htm

Eu e o Cris sempre tomávamos. Como a gente viaja bastante, era costume tomar um Anitta 500mg uma vez por ano. Nos últimos três anos a gente tinha esquecido do Anitta, e a história do camarada da Califórnia nos lembrou.

Pergunte pro seu médico sobre vermífugo. A gente toma o Anitta por recomendação da mãe do Daniel, que é médica. Esse Anitta são 6 cápsulas pra tomar de 12h em 12h. Pra mim é comum que no primeiro dia eu sinta uma leve dor, como se fosse uma gastrite leve, mas nada grave e é só no primeiro dia. Seu xixi vai sair esverdeado, é normal. Custa uns R$ 65.