Não gostou de mim não serve pra mim

Queridos leitores e leitoras, é simples assim, eu juro: não gostou de mim, não serve pra mim. Ninguém devia se preocupar em impressionar, ou se sentir inseguro, porque o fato é que se a pessoa não gostar de você porque você é gorda, ou muito magro, ou porque não é sarado, ou porque não conhece os bons vinhos, ou porque não conhece os autores tais, ou porque não é rico, porque seu carro é popular, porque você não sabe inglês ou sei lá o quê, essa não é a pessoa certa pra você.

Não precisamos e nunca deveríamos ter que impressionar, maquiar, enganar. Quer dizer, se for pra só uma noite e nada mais, tudo bem, deve ser um vale tudo. Mas se você está buscando um relacionamento, tudo tem que ser o mais transparente possível.

Kingsman é um filme legal e divertido. O Kingsman II não é legal, mas lembram da cena em que o Eggsy vai jantar com a realeza, os pais do amor da vida dele (a tal princesa que ofereceu a porta dos fundos), e tem o cheating da Lancelot dando todas as respostas pra ele sobre as diversas questões que o pai faz? É só uma comédia, mas o fato é que no mundo real as pessoas mentem, omitem, enganam, pra tentar impressionar alguém. Pra ficarem pensando que você é o que não é. No filme tem a leveza de ser só uma medida protocolar, não é uma entrevista de emprego, e concordamos com os valores de que Eggsy não deveria ser gongado por não ter conhecimentos sobre economia e política, porque só importa que Eggsy e Tilde se amam. Seria uma situação muito diferente se a Tilde estivesse fazendo as perguntas, se ele estivesse mentindo pra ela. Isso seria vil. E quando você vai a um encontro e finge ser quem não é, saber o que não sabe, ter vivido o que não viveu, você está sendo vil. Ou no mínimo, totalmente idiota, porque mentira tem perna curta, quando você acha que o outro vai descobrir que você é uma farsa?

Quando nos relacionamos com as pessoas com quem queremos conviver, precisamos ser os mais autênticos e transparentes que pudermos. Pra não dar merda.

E é por isso que ninguém devia se sentir inseguro ou com medo de conhecer gente. Somos o que somos e o outro tem que ser capaz de nos enxergar na nossa essência ou, se ele não enxerga, se os valores dele são outros, ele simplesmente não serve pra você.

Como sempre falo: você faz tudo junto. Aparência não devia ser o item que mais pesa, mas o fato é que pesa, e se você quer aumentar suas chances… bom, quero ver alguém discordar de que sua aparência conta, pra qualquer coisa. Não precisa seguir padrão de beleza, mas tem que ter jeito de gente saudável, que se cuida, que se ama. Você vai cuidando de você por dentro e por fora. Alimentação, exercícios, pele, cabelo, roupas, e também exterminando os quartinhos fedorentos, descobrindo hobbies, fazendo coisas divertidas, se for o caso mudando de emprego, e tudo vai melhorando.

Cuide de você, seja a pessoa que mais sabe sobre você. Se ame, se valorize, se perdoe, peça perdão pra quem você tiver magoado, ajeita sua vida, e tenha certeza de que não tem nada errado com você. Se não gostou de você, não servia pra você, simples assim, bola pra frente.