Jantares com amigos – sugestão de cardápio 1

Agora estou me sentindo idiota por não ter tirado fotos das comidas. Esta foto é de um escondidinho de carne seca de um outro dia. No jantar que vou descrever, o prato principal foi uma lasanha, com parmesão gratinado também, mas não tenho foto dela e não usarei fotos dos outros. Nas próximas fotografo mais, na hora não pensei que podia virar post.

Jantares na minha casa nunca têm drogas exceto álcool. Há muitos anos havia cigarrilhas e charutos, mas paramos. Em geral faço coisas não muito trabalhosas, às vezes os convidados ajudam nos preparativos – homenagem ao meu primeiro jantar, em que meu convidado foi quem cozinhou. Geralmente faço coisas simples e fáceis de preparar.

Acho que o importante dos jantares é que as pessoas combinem entre si, de preferência possam falar qualquer atrocidade que não serão julgadas, e sim brindadas. E é importante que todos queiram conversar, é terrível quando tem alguém que fala sem parar, não deixa os outros falarem, não faz perguntas e não demonstra interesse pela opinião dos outros. Monopolizadores estragam qualquer encontro social.

Cardápio:

– Entradas: pão italiano com queijo bem tostado, daquele jeito que o queijo vira uma placa crocante. Rodela de tomate opcional. Preparados na hora. Duas das convidadas ficaram comigo na cozinha, os outros foram servidos na sala.

– Biscoito de polvilho do Natural da Terra, em geral bem crocante.

– Pera. Às vezes também corto palitos de cenoura, salsão, queijos, morango, mas desta vez só tinha pera.

– Só um prato principal: lasanha à bolonhesa, que eu mesma tinha preparado no final do dia, em menos de 1h.

– Bebidas: cerveja comum, água com gás, Coca pros tomadores de Coca, e um licor de Bellotta, que brindamos os aniversariantes, mas também bebericamos durante a noite.

– Sobremesa: Brownie desses que vende no Pão-de-Açúcar numa embalagem de alumínio e capa de acrílico transparente, é muito bom. Bolo de cenoura comprado no Natural, bom também. Chá comprado numa lojinha árabe em Granada, o item mais elogiado da noite, servido em chaleira e copinhos marroquinhos.

E com lava-louças, tudo fica fácil. Em menos de 10 minutos está tudo na máquina. Se eu fosse lavar na mão, não levaria menos de 40 minutos.

Com o tempo vou fazendo outros posts com cardápios e receitas. Reunir os amigos em casa é um grande prazer, e com os preços dos restaurantes em São Paulo, um prazer maior ainda.