Eu não vim até aqui pra desistir agora

Eu realmente adoro o Gessinger. A versão ao vivo MTV de Infinita Highway, ouvi dezenas e dezenas de vezes durante dias. Refrão de Bolero é outra música pra ficar na cabeça por muito tempo, e Até o Fim — que acho que não é mais Engenheiros, é só dele, tem uma melodia viciante pro meu atual estado de espírito.

Nas interpretações desse disco Pouca Vogal, é tanta ternura, um timbre de quem tem tanto carinho pelas pessoas, algo que sinto também no Infinita Highway MTV.

E nesse momento de ascensão da direita burra, versos como esse “E o fascismo é fascinante deixa a gente ignorante e fascinada” confortam e doem ao mesmo tempo.

Engraçado que nesta semana estávamos falando como a dificuldade em desistir não tem nada a ver com a gente. Eu e o Cris somos muito pragmáticos e não temos medo de tomar um prejuízo pra evitar um muito maior. Não somos do tipo “Eu não vim até aqui para desistir agora”. Mas a melodia da música me comove, em especial a gaita.

Estou indo passarinhar, volto na quarta. Que vocês tenham dias maravilhosos, conectem-se com aquilo que deixa o coração e alma leves. Há muito motivo pra gente ficar deprimido, mas não dá pra viver assim o tempo todo.