Die a Happy Man – o ridículo de quase morrer por uma música cafona

A viagem foi incrível, talvez uma das melhores. A vastidão do Death Valley, jogo dos Lakers, momento intimista com os meus queridos pardais do deserto, comida tailandesa autêntica, ganhar drinks e dicas num bar em Los Angeles. E tantos pensamentos sobre cidades, pessoas, a riqueza da Costa Oeste, a pobreza do Brasil. E sobre o nada, o vazio, mas não os que trazem o desespero, e sim aquilo que te fortalece.

E o que estou fazendo em vez de registrar tudo isso? Só blogando sobre o ridículo.

– Você está séria

– Estava ouvindo a música. Fiquei comovida com a música.

– O que a música falava? Algo sobre hand, happy man (O Cris sabe muito mais inglês do que eu, só não estava prestando atenção na letra)

Segurei na mão dele e falei bem séria “If all I got is your hand in my hand, I would die a happy man”, com os olhos molhados. O Cris também ficou comovido, e os olhos dele começaram a encher de lágrimas. O problema é que ele estava dirigindo e eu fui ficando preocupada — “tá bom, tá bom, a gente ia morrer happy, mas não precisa ser agora, por favor, olha pra estrada”

Começamos a rir, as lágrimas acabaram, e não fiquei mais com medo de que a gente ia capotar o carro.

Uns dias depois resolvemos dar uma olhada na música, Die a Happy Man foi fácil de achar, mas aí topamos com o clip oficial da música e PUTAQUEOPARIU. Se a gente tivesse morrido por causa de uma música com um clip tão cafona, não daria pra morrer feliz.

Vimos a letra inteira, antes só tínhamos ouvido um pedaço. O Cris  achou lamentável falar de Northern Lights e Torre Eiffel, red dress, black dress, pra mim não era tão doído, o que doeu foi ver o close da cara do compositor-cantor — na primeira vez que ouvi imaginava um jeito mais cowboy-honesto-Robert-Redford-Encantador-de-Cavalos, mas o que realmente estraga é o clip.  Que eu não vou colar aqui. No Youtube tem um monte de covers, mesmo desafinados, alguns são bem comoventes. A melodia e o refrão são tão legais, custava ter uma letra melhor? Um outro clip? Se você tiver o espírito forte, só ouça a música e nunca vá ver o clip oficial.

 

Por acaso, na sequência do Youtube apareceu esta música, mas a versão original — que confesso que eu estava curtindo a melodia sem prestar atenção na letra, mas quando olhei no visor do rádio me senti constrangida “não acredito que estou curtindo uma música do Justin Bieber… e eu nem sei nada dele, só lembro daquele concurso em que os hackers alteraram o resultado pra dizer que o país que os fãs queriam mandá-lo era a Coréia do Norte”:

 

pop demais? Rodando pela Costa Oeste não parecia. Em Los Angeles as rádios enjoavam, mas na estrada no geral sempre havia muitos rocks e música country boa. Os dois países com as melhores músicas: Brasil e Estados Unidos.

 

Yon Preston e Kelly Kyara

(confesso que agora toda vez que estou brava com algo ou alguém me vem a voz doce da Kelly Kyara e eu posso cantarolar “Baby you can go and fuck yourself”)

Lyrics: 

Yo: 
All the times that you rain on my parade
And all the clubs you get in using my name
You think you broke my heart
Ohhh girl for goodness sake
You think I’m crying
Oh my ohhh, well I ain’t!

And I didn’t wanna write a song
‘Cause I didn’t want anyone thinking I still care, I don’t
But, you still hit my phone up
And baby I be moving on

And I think you should be somethin’ I don’t wanna hold back
Maybe you should know that
My mama don’t like you and she like’s everyone
And I never like to admit that I was wrong
And I’ve been so caught up in my job
Didn’t see what’s going on
But now I know
I’m better sleeping on my own

‘Cause if you like the way you look that much
Ohhhh baby you should go and love yourself
And if you think that I’m still holdin’ on to somethin’
You should go and love yourself

Kelly: 

All the times that you had to check my phone
The failed attempts to quit that shit that you smoke
Always stumbling in with makeup on your shirt
You think I don’t know that you still talk to her
And you told me you were movin on
You just don’t want anyone thinking you still care but you still keep them screenshots
And I guess you just loved you more
All your boys told me how you wanted something real but I guess I wasn’t good enough

My daddy gon’ kill you when he hears this song
He knows that you lied to me, he’s glad to see you gone
You’re just so messed up in your mind, you cannot see what’s inside mine
But now I know, I’m better sleeping on my own 
No I don’t like, the way, you played me out 
Maybe you can go and fuck yourself
and if you think that I’m still holdin on to something 
Baby you can go and fuck yourself

Yo: 

For all the times that you made me feel small
I fell in love now I fear nothin’ at all
I never felt so low when I was vulnerable
Was I a fool to let you break down my walls?

Cause if you like the way you look that much
Ohhhh baby you should go and love yourself
And if you think that I’m still holdin’ on to somethin’
You should go and love yourself

Yo & Kelly

Cause if you like the way you look that much
Ohhhh baby you should go and love yourself
And if you think that I’m still holdin’ on to somethin’
You should go and love yourself