Dance Cam, Kiss Cam – o mais legal da NBA

Ok. Não tinha monstros. Kobe Bryant se aposentou no ano passado, e já estava em decadência. Mesmo a seleção dos melhores momentos dele não parece tão legal quanto ver o Magic Johnson fazer uma cesta quase da metade da quadra, nos últimos segundos, e com uma mão só. Foi 92 a 90 pro Dallas, mas meio morno a maior parte do tempo, com muitos momentos de jogadores só andando pela quadra. Bem legal, mesmo assim. E o destaque foi pro JJ Barea, do Dallas, anão genial.

Uma das partes lindas do espetáculo é o público. Nos intervalos a câmera foca na plateia (aparece num telão que fica acima da quadra, a foto de capa do post é só a abertura do jogo), e em geral as pessoas começam a dançar e pular. Além da Dance Cam, tem a Kiss Cam: a câmera foca num casal, e eles devem se beijar. A maioria se beija. Uns poucos só se abraçam. Às vezes aparecem uns beijões e até brigas. E brincadeirinhas: a câmera focou numa senhora de uns 60 e um rapaz de uns 20. Os dois ficaram lá imóveis uns segundos, até que perceberam que estavam no telão, a senhora arregalou os olhos, fez um “não, não”, e apontou pro lado, a câmera refocou nela e no homem que estava do outro lado dela, o marido.

As pessoas dançando eram muito mais divertido de ver do que as Lakers Girls.

Não achei bons vídeos dos jogos dos Lakers, mas tem de outros times. Ah, Estados Unidos… Da compilação da Kiss Cam vale a pena ver o que acontece com o cara que ignorou a namorada porque estava no celular, e também do momento em que a Kiss Cam focou em duas garotas.

E esse segurança de Detroit é demais, ainda mais por ele tentar resistir por alguns segundos em não dançar quando a câmera foca nele. Depois ele sucumbe, é como se fosse mais forte do que ele:

 

Mais posts de Alegria Alegria

  • Duas colunas
  • Celular
  • News
  • Alternative
  • Banner
  • Featured
  • Plain
  • Condensed