99% de transpiração

Sobre se sentir travada, sem inspiração, muitas vezes também me sinto assim… mas quando quero mesmo fazer alguma coisa, lembro que talento ou genialidade é 1% de inspiração e 99% de transpiração 🙂

voltei a desenhar hoje. Nada muito bom ainda, mas sei que só vai ficar bom se eu treinar bastante e fazer vários testes, e sei que tudo que parece simples e harmonioso em geral demandou muito tempo aparando arestas.

Não se intimide com a falta de inspiração, só faça, releia, reveja, escreva de novo, desenhe de novo, sempre vai sair melhor.

Algumas poucas vezes a gente faz algo como se estivéssemos possuídos, e talvez a gente esteja mesmo, mas no geral dependemos da transpiração.

— um email levemente editado que acabei de mandar pra uma amiga.

Ela não falou sobre isso, mas é um tema correlato: a tristeza do Jeca quando não reconhecem seu bom trabalho. Lembrem sempre do exemplo do Neil Gaiman, a tal historinha que ele contou na FLIP de…. 2008, acho.  Ele já era famoso, já tinha milhões de seguidores, mas quando terminou de escrever Deuses Americanos, passou meses viajando pelos Estados Unidos pra promover o livro.

O Neil Gaiman. E Deuses Americanos.

O que dizer de nós pobres mortais.